Truques mentais e atitudes para lidar com estresse e preocupações

Atualizado: Jun 22

Muitas pessoas que convivem comigo me perguntam como eu consigo ficar tão calmo em momentos tão difíceis como os que enfrentei nos últimos anos e agora durante essa crise do coronavírus, que tanto impactou o negócio de turismo, meu principal ramo de atuação.


É extremamente raro algo me deixar nervoso ou eu reagir emocionalmente a alguma situação entrando em desespero.


Sem sobra de dúvida que o DNA aqui tem sua cota de contribuição e claramente eu puxei a minha calma do meu pai.


Mas também é muito evidente para mim que essa foi a base da qual parti e que muitos outros fatores explicam a minha reação tranquila mesmo perante situações graves.

Como todos que me segue já devem ter percebido, eu adoro ler. Somente este ano já li 12 livros. Já teve ano que eu li mais de 50 livros.


Não menciono isso como forma de me gabar, mas para dizer que ao longo do tempo tive vários momentos de epifania, onde li algo em algum livro que refletia exatamente a minha maneira de ser, de pensar ou de encarar a vida.


É como se eu tivesse primeiro praticado para depois ter aprendido a teoria.


Se tem uma coisa que eu gosto de fazer é ajudar às pessoas, e vendo tanta gente sofrendo para lidar com as pancadas que a vida nos dá em abundância, eu resolvi dividir com vocês alguns dos truques mentais e atitudes que eu utilizo para enfrentar os momentos difíceis com o máximo de paz de espírito e sem deixar de apreciar a beleza da vida.


Como disse, com alguns deles eu já vim equipado de fábrica, enquanto outros eu fui aprendendo ao longo da jornada. Alguns são antigos e já estão incorporados, enquanto outros são truques mais recentes e sobre os quais ainda estou tentando transformar em hábitos.


Só garanto uma coisa: eles funcionam. Se desarme e tente praticar aqueles que façam mais sentido para você.

· Se você está com um problema em uma área da sua vida, isole-o, crie cercados. Não é porque você falhou em um aspecto da sua vida, que você como um todo falhou. Se o problema é financeiro, lembre-se que você tem uma família. Se o problema for na família, lembre-se que você tem saúde. Sempre vão haver aspectos da sua vida que estarão indo bem e aos quais você pode se agarrar.


· Nada é bom ou mal. O que é bom hoje pode ser ruim amanhã e vice-versa. A vida está cheia de exemplos onde algo que aparentava ser bom acaba levando para resultados ruins. Da mesma maneira, o que hoje nos parece ruim, muitas vezes nos faz encontrar nosso rumo na vida e traz muitas coisas boas. É o famoso “Deus escreve certo por linhas tortas". As coisas ruis que acontecem conosco nos tornam quem nós somos.


· Procrastinando? Analise se a decisão é reversível ou irreversível. Se for reversível, faça um piloto e vá ajustando e aumentando a escala conforme vá dando certo e recue se der errado.


· Olhe para baixo e não para cima. Compare-se com quem tem menos e não com quem tem mais do que você.


· O segredo para não sofrer é não criar expectativas. Como diz uma amiga minha: crie unicórnios e pôneis malditos, mas só não crie a porra da expectativa. A felicidade é basicamente a diferença entre as suas expectativas e a realidade. Ou seja, o melhor caminho para alcançar a felicidade é baixar as expectativas.


· Na dúvida sobre como agir se pergunte sobre qual dos caminhos lhe deixará mais próximo de ser a pessoa que você quer ser no futuro.


· As emoções negativas têm uma função. O medo, a raiva e a tristeza têm razões para existir. Elas são sinais de que algo em nossa vida não está bem e nos impulsionam a agir. Não rejeite as emoções negativas, Aproveite-as.


· Separe as chateações dos problemas. Chateação é tudo aqui que não estará lhe afetando daqui a um ano, ou seja, quase tudo. Não perca seu humor por causa disso.


· Quando o problema for sério, separe a preocupação produtiva da improdutiva. A produtiva é aquela sobre a qual você pode fazer algo a respeito. Se você não puder fazer nada a respeito, sua preocupação é improdutiva e também não perca tempo com ela.


· Tudo na vida é uma escolha. Escolha não se estressar, escolha ser feliz, escolha ser grato, escolha ser otimista, escolha ser bem-humorado, escolha não se deixar afetar pelos outros.


· Você não é o centro do universo. Não se dê muita importância. As palavras eu, meu e mim não devem ocupar um espaço central em sua vida. A vida não liga para a gente. A vida não é justa ou injusta, boa ou má conosco. Ela é apenas o que é e não está nem aí para o que você quer, pensa ou precisa.


· Sempre que algo ruim se apresenta em minha vida eu me pergunto: E daí? Tudo é besteira no final das contas.


· Sempre que algo ruim acontece, eu penso que poderia ter sido pior. Ter esse mindset faz toda a diferença. Tenho convicção que praticamente tudo na vida poderia ser pior.


· Numa situação ruim, pergunte o que ela traz de bom, qual seu lado positivo, como pode tirar vantagem dela, como transformar um limão em uma limonada.


· Quando sua cabeça começar a traçar cenários desastrosos, tente se lembrar que probabilidade não significa nada. Não está escrito em lugar nenhum que algo vai acontecer de determinada maneira. Não morra de véspera.


· Assuma a responsabilidade por tudo o que acontece na sua vida. Nunca culpe ninguém.


· Quando estiver atolado ou não souber o que fazer, dê pequenos passos, mas dê algum. Faça a roda começar a girar até ele girar por conta própria.


· A vida é uma gangorra emocional. Num momento você está mal, no outro está bem. Saiba disso e respeite seus momentos e humores, mesmo os negativos. Tem hora que não adiantar forçar otimismo. Tem hora que temos que respeitar os limites do nosso corpo ou de nossos sentimentos. Depois passa.


· Quando alguém que você gosta e lhe ajuda fala ou faz algo que você não gosta, lembre-se de que ela só quer ajudar, só quer o seu bem. Exemplo: se você está querendo se concentrar e trabalhar e seu filho fica lhe chamando para brincar, não fique chateado e nem perca a paciência. Ao contrário, olhe com olhos de amor e agradeça por ter isso e tire uns minutinhos para brincar com ele. Se alguém que gosta de você lhe dá um conselho que não lhe agrada, não fique chateado com essa pessoa. Ao contrário, olhe com olhos de carinho e agradeça por ter alguém que se preocupa com você.


· Quando estiver traçando cenários negativos e com medo de que algo aconteça, pergunte-se: Qual é a pior coisa que pode acontecer? E daí se acontecer? Qual é a probabilidade de isso acontecer? Existe algo que eu possa fazer agora para evitar esse cenário? Consigo me recuperar? O que acontecerá se eu não fizer nada? Qual é o melhor cenário possível?


· Sorria e seja carinhoso com as pessoas. Um sorriso e um beijo carinhoso no seu conjugue ou seu filho cria um maravilhoso espiral positivo durante o dia.

· Lembre-se: pensamento não é fato.


· Controlar seus pensamentos é controlar a sua vida.


· Não tenha nenhuma dúvida: tudo passa. Essa é uma lei da natureza. Seu problema vai ter um fim, mesmo quando você não consegue ver a luz no fim do túnel. A vida segue. Ela sempre vai seguir.


· Em vez de lutar contra os problemas, tentar negá-los e reagir contra eles, tente aceita-los e até mesmo abraça-los.


· Quando você estiver no meio de uma grande crise, tipo falência ou traição, se veja dentro de cinco anos. Isso dará perspectiva de que existe um futuro para você e que a dor é temporária. A vida vai seguir. Ninguém fica no fundo do poço para sempre.


· Nunca se esqueça de que damos muito mais valor ao que é negativo do que ao que é positivo. Por exemplo, o seu dia pode estar repleto de coisas boas, mas se um carro lhe trancar você perde seu humor e isso pode contaminar todo o seu dia. Lembre-se disso antes de perder o humor e a leveza.


· Seja grato por tudo o que acontece na sua vida. Gratidão é o maior antídoto contra pensamentos ruins e a fonte da felicidade. Não ache que sua vida, sua visão, suas pernas, seu olfato, o colchão gostoso onde dorme, a comida no seu prato são direitos sagrados seus e que sempre estarão a seu dispor.


· Agradeça pelo o que tem e não reclame pelo o que não tem.


· Não subestime a importância de escrever um diário da gratidão com pelo menos 3 a 5 coisas boas que lhe aconteçam todos os dias. Não precisa ser coisa importante, até porque as coisas boas da vida são as mais simples.


· Sempre procure o lado positivo das coisas. Tudo, absolutamente tudo, pode ter algo positivo se você quiser encontrar.


· Quando estiver na agonia das grandes escolhas, sempre recorra aos seus princípios. Não existe decisão errada quando ela é baseada em princípios.


· Quando estiver na dúvida sobre no que acreditar, escolha acreditar no que lhe faz feliz, no que você gosta e no que você acredita.


· Quando a situação estiver tensa em uma reunião “saia para a varanda”, ou seja, dê um intervalo de pelo menos 15 minutos para colocar a cabeça no lugar.


· Use a técnica do “Intervalo ótimo” quando uma reunião ou estudo não está mais produtivo ou se chegou a um impasse. Nesses casos, é melhor dar uma parada e retomar no outro dia. A mente descansa, o subconsciente trabalha e geralmente se consegue chegar a uma solução.


· Quando estiver em depressão ou muito triste, sem ânimo de se levantar da cama, a melhor coisa que você pode fazer é sair de casa e se envolver em alguma atividade.


· Quando algo ruim acontecer, lembre-se de que já aconteceu. Não há nada que você possa fazer a respeito.


· Sempre que a mente estiver acelerada, faça as coisas em câmera lenta: andar, comer, tomar banho, se enxugar, etc. É um santo remédio para você esquecer tudo e ter atenção plena no que está fazendo.


· Mais uma dica para quando a cabeça estiver acelerada, sinta o tecido da sua roupa ou roupa de cama na sua pele, o seu peso na cama; o seu peso sobre o pé; o sabor e textura da comida quando estiver mastigando; a brisa na sua pele.


· Na mesma linha de desligar a torrente de pensamentos, simplesmente preste atenção nos detalhes de tudo o que está ao seu redor: decoração, móveis, árvores, pessoas, cores, aroma, etc.


· Quando estiver tendo um pensamento negativo, troque-o por outro positivo. Tire sua atenção do pensamento negativo para qualquer outra coisa.


· Trace metas de longo prazo, tipo 10 anos. No meio do caminho, quando você fraquejar, você vai lembrar que dá tempo de voltar para o rumo correto. Serve desde regimes e exercícios a projetos de vida.



0 visualização

© 2020, Matx Academy | E-mail: marketing@matx.com.br